APRENDA COMO APLICAR GATILHOS MENTAIS EM SUA VIDA PAROQUIAL


Seu grupo de oração está tendo uma frequência reduzida?
Sua pastoral não consegue novos integrantes?
Seu ministério de música precisa de novos músicos?
 

Existem fatores que podem nos persuadir a tomar uma decisão e determinar nossa resposta a uma proposta. E estes fatores foram estudados e fazem parte da técnica de vendas e marketing no mercado. Você pode utilizar este conhecimento do comportamento humano para tornar sua pastoral, grupo de jovens ou de oração, mais atrativos para as outras pessoas. Leia até o final e melhore assim a forma como você convida as pessoas para um retiro, uma missa, pastoral ou ministério de música.

1 - Autoridade
As pessoas valorizam quem fala e vive com autoridade. Autoridade não é subordinação. Pelo contrário. Autoridade é principalmente a segurança que as pessoas reconhecem em quem vive a sua vida como quem sabe onde quer chegar e qual o melhor caminho para atingir a sua meta (felicidade). Lembram-se da palavra das Sagradas Escrituras? "Porque Ele as ensinava como quem tem autoridade, e não como os mestres da lei." Mateus 7,29.
Se for usar este gatilho mental lembre-se sempre que a base de toda a autoridade verdadeira é uma autêntica humildade. O próprio Cristo afirmava sempre: a minha vontade é fazer a vontade do meu Pai.

2 - Prova Social
Quem nunca entrou em fórum de produtos ou empresas prestadoras de serviço para checar a avaliação dada por outros clientes antes de efetuar uma compra? E aquele restaurante que está sempre cheio e você espontaneamente comenta: deve ser bom! Tente sempre apresentar seu grupo ou pastoral como um espaço que conta com muita participação. Outro dia, em uma assembleia paroquial ouvi uma senhora dizer: precisamos de mais gente na nossa pastoral, somos poucos, estamos à beira de encerrar nossas atividades!
Dificilmente alguém se interessará em participar de um grupo assim. O salmo diz: o abismo clama pelo abismo. Audiência gera audiência. Valorize sua audiência (por menor que seja) e saiba apresentá-la bem!

3 - Exclusividade
Clientes VIPs e Selects! Todos gostamos de nos sentir especiais! Jesus era um mestre em reconhecer qualidades e valores em cada um que encontrava, não importando se era uma pecadora que lavava-lhe o rosto, um cobrador de impostos ou um cego à procura de cura. Veja as pessoas com seus incríveis valores e demonstre isto. Com certeza despertará a atenção de novos participantes para seu grupo, ministério, etc.

4 - Reciprocidade
Lembram-se do ditado: faça com os outros o que gostaria que fosse feito com você! As pessoas tendem a ter simpatia por quem lhes é generoso. Seja generoso! A generosidade desperta generosidade no outro. Não exija nem cobre inicialmente. Seja generoso e doe. Se doe. O outro recebendo, sentirá vontade de se doar também! A iniciativa precisa ser sua! Medite um pouco nas palavras da conhecida Oração de São Francisco.

5 - Escassez
A última peça do estoque! Esta frase gera uma urgência em qualquer cliente minimamente interessado em um produto. Respeite o número de vagas oferecido e o prazo de inscrição. Não seja impiedoso mas saiba que fazer valer estas informações é fundamental. Avise sempre quando for o último dia para se inscrever para o retiro que você está organizando ou quando estão se esgotando as vagas no ônibus para aquela peregrinação da sua paróquia. Seja honesto: não simule escassez onde não há. Mentiras minam a confiabilidade nas relações.

6 - Afinidade
Pessoas gostam de "gente como a gente"! Não queira ser o diferentão. Identifique-se com sua assembleia, deixe que ela saiba que as dores que ela sente são também as suas. Que vocês têm a mesma esperança e desejo de felicidade. Que Deus fala tanto em você quanto nela. Aproxime-se, interesse-se, procure falar de um jeito que comunique realmente e construa um verdadeiro diálogo.
Conte sua história, partilhe suas experiências. As pessoas adoram uma boa história onde ela possam se identificar! Não deixe que uma função de serviço crie uma distância entre você e o outro. Lembre-se o que dizia Santo Agostinho: por vocês sou bispo mas com vocês sou cristão!

7 - Curiosidade
Sim! As pessoas são curiosas! Curiosas sobre tudo! Sobre Deus, Igreja e felicidade também! A curiosidade humana é o desejo do ser humano de ver ou conhecer algo até então desconhecido. “A curiosidade é mais importante do que o conhecimento", disse Albert Einstein. Desperte a curiosidade como Jesus ao ser perguntado pelos discípulos: mestre, onde moras? Vem e vê! Desperte e responda a esta curiosidade como algo a ser descoberto.
 
Utilize estes gatilhos com ética e reta intenção. Ferramentas só se tornam úteis nas mãos de quem as maneja com habilidade e consciência. Tornemos as atividades da nossa paróquia interessantes e saibamos apresentá-las gerando igual interesse e atrativo.
 
É preciso sempre ter em mente o objetivo a ser alcançado, os meios necessários e a avaliação que saberá medir, mais do que números, a semeadura feita e os frutos colhidos.
 
Por fim, a mais importante dica: preocupe-se com as pessoas! Preocupe-se com o que é melhor para elas! Anuncie, convide, divulgue, apresente sempre com a intenção de fazer bem ao outro. Este é o gatilho mais importante a ser usado. Preocupar-se com o outro. A preocupação do outro por nós gera naturalmente empatia em nossos corações. Preocupe-se com o outro!
 
Sejamos sempre verdadeiros em tudo! Onde reside a verdade, Deus jamais se esconde! O Espírito Santo nos guiará sempre!